Saudade do que eu não vi

Olá, 

Todo mundo percebeu (óbvio) que o carnaval está quase na porta.
É só passar o ano novo, que o povo só fala nisso!
E durante esse tempinho que antecede o carnaval, o que vemos por aí é uma exposição de belos (ou não) corpos quase nus disputando um lugar ao sol (glup, isso foi filosófico hahahaha).
Segundo meu cunhado Marcelo, o que antes era cultura negra, agora é cultura pop. Não sei se isso foi melhor....


Olhando essa simples foto montada, já dá para perceber que não foi, né?

Como boa nilopolitana, gosto muito de alguns carnavais antigos da Beija-Flor.
Alguns que realmente lhe valeram o título, ou não em alguns casos.
Saudades daqueles carnavais de Joãozinho Trinta, que era criativo ao extremo, sem apelação. Saudades de quando era criança e ficava me esbaldando na matinê de um clube que nem existe mais. Mãe podia largar a criançada lá na roda e tocava de "nega do cabelo duro" até "olha a cabeleira do zezé". Alguém escuta isso hoje?
E olha que eu só tenho 3.2 hein, gente! srsrsrsrs

Eu tenho saudade desse samba-enredo da Beija-Flor, que data de 1976.
Eu nunca vi esse carnaval, só ouvi falar dele. 
Mas sei a música de cor.
O primeiro ano que a Beija-Flor desbancou as "4 grandes" e foi a vitoriosa mostrando que na baixada o samba também tinha vez.

Sonhar com anjo é borboleta
Sem contemplação
Sonhar com rei dá leão
Mas nesta festa de real valor, não erre não
O palpite certo é Beija-flor (Beija-flor)
Cantando e lembrando em cores
Meu Rio querido, dos jogos de flores
Quando o Barão de Drummond criou
Um jardim repleto de animais
Então lançou...
Um sorteio popular
E para ganhar
Vinte mil réis com dez tostões
O povo começou a imaginar...
Buscando... no belo reino dos sonhos
Inspiração para um dia acertar

Sonhar com filharada... é o coelhinho
Com gente teimosa, na cabeça dá burrinho
E com rapaz todo enfeitado
O resultado pessoal... É pavão ou é veado
Desta brincadeira
Quem tomou conta em Madureira
Foi Natal, o bom Natal
Consagrando sua Escola
Na tradição do Carnaval (amo essa homenagem a Portela)
Sua alma hoje é águia branca
Envolta no azul de um véu
Saudado pela majestade, o samba
E sua brejeira corte
Que lhe vê no céu

  1. Olá, te vi no união das blogueiras e vim te visitar!!!Amei o blog!!!
    Bjus

    http://blogluminoso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Flor, vou lá lhe fazer uma visita, pode esperar!
      bj

      Excluir
  2. Tb gosto muito do carnaval e esse ano vou passar saudades...do meu pernambuco já que estou tão longe!
    :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Izabella, imagino como deve ser a bagunça lá na sua terra, deve ser difícil mesmo ficar longe
      bjo

      Excluir
  3. RÊ,
    PARABÉNS PELO BLOG,FICOU LINDO D+.
    BJS

    ResponderExcluir
  4. Que fofura seu blog!!!!! Amei o layout e as dicas!!

    bjs, obrigada pela visita.

    ah, o móvel amarelo era branco, estava velhinho. Fiz pintura de laca nele.que bom que gostou!!

    ResponderExcluir
  5. Oi Renata,

    Cá entre nós eu não curto muito o carnaval.Curto os dias de folga.Mas a festa em si.
    Obrigada pela visita.Bjos

    ResponderExcluir
  6. Yo me imagio que usted que es brasileña debe añorar el carnaval de antes. Yo no conzco otro y adoro ... es tan entretenido
    Me encanta bailar samba

    ResponderExcluir
  7. Rê,

    Faz tempo que estou para vir aqui, mas a correria não me permitiu. Não gosto de carnaval, ainda que o reconheça como uma festa popular e com seus méritos, assim como uma herança grega, no entanto, percebemos, como você bem disse, a deturpação e a comercialização do mesmo. Entendo todo esse movimento carnavalesco, que assola o país todo ano, como mais um reflexo social do momento, a massa quer nus e ostentação, um verdadeiro espetáculo do pão e circo.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cissa, vc falou tudo: pão e circo. Infelizmente não temos nem mais os sambas de alguns anos atrás, agora é tudo patrocinado.
      bjs

      Excluir
  8. Oi Rê!
    Já gostei mais de Carnaval...
    Mesmo sendo carioca, tive fases!
    rs
    Só não desfilei em escola, e isso ainda quero.
    Mas só se a fantasia tiver explendor....rs
    Minhas amigas que desfilam sempre dizem que não sabem o que estou falando rs
    E também é um maratona, de tão corrido que o ritmo dos sambas ficou!
    Não me lembro desse samba :(

    bja, ótima sexta e finde!

    ResponderExcluir
  9. Oi Rê
    eu não curto carnaval desde que era criancinha, mas gosto das músicas. Esse samba, eu não conheço, mas olha a cabeleira do Zezé sim. Eu já era mocinha, e se meu pai ouvisse eu cantar, aiaiai ficava bravo.
    concordo com você, mas tudo muda, o sentido do carnaval também mudou. Gostava de Joãozinho Trinta com suas alegorias e suas mensagens.
    Alguma coisa se perdeu, mas podemos entender que atualmente o sentido é outro e podemos tentar curtir essa modernização.
    beijos
    Zizi

    ResponderExcluir

Olá a todos que visitam o Casa da Rê. Adoro seus comentários.
Se você gostou comenta aí, que eu vou ficar muito feliz.
Se você tem blog, pode me esperar que com certeza irei retribuir a visita.
Se não tem blog deixe seu e-mail que irei retribuir também e agradecer da mesma forma.
Seja muito bem vinda pois a casa é nossa!!!!!!

" Cada pessoa que passa em nossa vida, passa sozinha, é porque cada pessoa é única e nenhuma substitui a outra! Cada pessoa que passa em nossa vida passa sozinha e não nos deixa só porque deixa um pouco de si e leva um pouquinho de nós. Essa é a mais bela responsabilidade da vida e a prova de que as pessoas não se encontram por acaso." - Charles Chaplin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...